• Seja bem-vindo, hoje é Quarta-Feira, 22 de Agosto de 2018

Matérias Publicadas

Aumentar Letra
Diminuir Letra

31/07/2018 - Especialista alerta sobre riscos trazidos por Coçar os Olhos

402_20180731031111.jpg

Coçar os olhos parece um ato aparentemente inofensivo, não é mesmo? Mas, pode ser o primeiro sinal ou mesmo o causador de uma doença ocular das mais comuns a atingir a córnea: o Ceratocone, que afeta uma em cada duas mil pessoas – conforme dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) – e cuja maior incidência acontece na adolescência. Durante todo este mês, inclusive, uma campanha de conscientização e prevenção, chamada Junho Violeta, busca alertar para os riscos deste hábito.

Fotofobia, irritações, ofuscamento, embaçamento e/ou distorções moderadas são alguns dos sintomas desta doença ocular, que causa mudanças estruturais nas fibras de colágeno da córnea, tornando-a mais fina e em formato de cone.  Ocasionalmente, ela é confundida com miopia ou astigmatismo, e por isso, é de extrema importância que o diagnóstico seja feito por um médico especialista, já que quanto mais cedo for descoberta a doença, menores são as consequências, é o que evidencia o oftalmologista Allan Luz.

 

“Por definição, o Ceratocone é uma doença progressiva, assimétrica e bilateral, ou seja, acomete os dois olhos, podendo se desenvolver mais em um do que no outro e vai piorando ano a ano. Quanto mais avançada a doença, mais fina a córnea fica. Então é muito importante o diagnóstico precoce, para que seja tratada desde o início e para que o paciente não tenha nenhuma perda visual”.

 

Embora alguns casos tenham, de fato, origem genética, o Ceratocone pode decorrer de outras condições oftalmológicas que causam coceira dos olhos como Olho Seco e Alergias Oculares, cada vez mais comuns na sociedade devido a mudanças no estilo de vida, advindos do uso frequente e irrestrito de computadores, tablets e smartphones.

“Esse ato de coçar está muito ligado também ao olho seco e a alergias oculares. Até algumas décadas nós só relacionávamos a pacientes com mais de 40 anos, por causa da deficiência aquosa, mas hoje afeta muito crianças e adolescentes, por causa do olhar excessivo de telas e monitores. E quanto mais se coça os olhos, mais se causa atrito e esse dano vai levar a um afinamento da córnea e ao Ceratocone”.

 

Especialista em Córnea e Ceratocone e pioneiro em técnicas cirúrgicas no Estado para tratar desta doença ocular, ele aponta que quanto mais precoce o diagnóstico, geralmente também mais agressivo o caso. “A chance maior de se chegar ao transplante é quando se tem o diagnóstico em crianças, a doença vai ser muito agressiva ao longo da vida”.

 

Inicialmente, o tratamento de Ceratocone é feito com o uso de óculos e lentes de contato rígidas.  Mas à medida que a doença avança, outras indicações podem ser feitas, como Cross-linking de colágeno, Implante de Anel de Ferrara ou nos casos mais graves, o transplante da Córnea, que no Hospital de Olhos de Sergipe, pode ser feito na modalidade lamelar, em que apenas as camadas doentes são transplantadas, o que proporciona uma melhor recuperação do paciente e menor risco de rejeição.

 

“Como qualquer outra doença, quanto mais cedo você trata, melhor o resultado.  O Cross-linking de colágeno é um procedimento minimamente invasivo e que pode estabilizar ou retardar a progressão em mais de 80% dos casos. Os implantes de anel são mais indicados para reverter os quadros de perda de visão e também é um procedimento minimamente invasivo. Tudo que é feito é pensando em se evitar a necessidade de um transplante. Mas até o transplante hoje é mais seguro com a técnica em que transplantamos apenas as camadas danificadas, como também temos um avanço na utilização do laser, que auxilia na cicatrização”, finaliza o especialista do HOS.

Autor:
Marque a sua consulta!
Marque sua Consulta Pelo Whatsapp
Urgência Oftalmológica

Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta das 7h às 19h e Sábado das 8h às 12h


Unidade São José: Rua Campo do Brito, 995, Bairro São José CEP 49020-380 | Rua Const. João Alves, 350, Bairro São José CEP 49020-340 | Aracaju - Sergipe
Unidade Centro Médico Jardins: Av. Min. Geraldo Barreto Sobral, 2131, Térreo, Bairro Jardins CEP 49026-010 | Aracaju - Sergipe
Unidade Lagarto: Rua Josias Correia Fontes, 22, Bairro Centro (próximo ao Hospital Nossa Senhora da Conceição) CEP: 49.400-000 | Lagarto-Sergipe


Copyright© HOS - Hospital de Olhos de Sergipe - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: WebD2