• Seja bem-vindo, hoje é Sádado, 20 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

Aumentar Letra
Diminuir Letra

09/10/2018 - O uso indiscriminado de colírios pode causar doenças oculares severas!

202_20181008110831.jpg

Colírios são medicamentos elaborados com substâncias que combatem infecções e inflamações. Sendo assim, devem ser prescritos e acompanhados por um oftalmologista, atentando, inclusive, para os casos em que precisam ser usados de forma associada a outro medicamento. É importante ter em mente que o uso desordenado de colírio pode causar danos oculares, como úlceras e perda acentuada da visão. É preciso estar atento aos riscos, por exemplo, do uso contínuo de medicamentos com corticoide na formulação, muitas vezes usado para tratar inflamações nas vias respiratórias. A substância pode causar glaucoma e catarata. Se o medicamento for um colírio, os efeitos colaterais são mais rápidos. É importante sempre usar esse tipo de medicamento com acompanhamento médico especializado! Para uma pessoa que sofre de congestão nasal, muitas vezes por questões alérgicas, gripes ou resfriados, é um alívio usar um remédio que libere as vias aéreas. Mas muita atenção! Se o paciente tiver glaucoma e fizer uso de colírio antiglaucomatoso, a ação vasoconstritora do descongestionante corta o efeito do medicamento, que tem a função de controlar o glaucoma. Para quem não tem o diagnóstico de glaucoma, mas tem a predisposição, esse tipo de automedicação pode causar a doença. Os colírios com ação vasoconstritora não são só para aliviar os olhos e dar a sensação de frescor, também cortam o efeito dos remédios usados contra hipertensão arterial. Para aliviar o desconforto dos olhos, no inverno, o ideal é usar lágrima artificial para evitar o transtorno. O colírio betabloqueador é usado para tratar pacientes com glaucoma, mas, se for usado com medicamentos de ação broncodilatadora para aliviar os sintomas de bronquite e asma, pode causar falta de ar no paciente. Por fim, a automedicação em casos de vista com secreção, ardência ou sensação de que tem algo no olho é bastante comum. Mas nem sempre o diagnóstico é a conjuntivite. Mesmo que seja, existe mais de um tipo da doença. Por isso, NÃO use o colírio indicado por outro paciente ou por um familiar!

Fonte: Revista Veja Bem

Marque a sua consulta!
Marque sua Consulta Pelo Whatsapp
Urgência Oftalmológica

Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta das 7h às 19h e Sábado das 8h às 12h


Unidade São José: Rua Campo do Brito, 995, Bairro São José CEP 49020-380 | Rua Const. João Alves, 350, Bairro São José CEP 49020-340 | Aracaju - Sergipe
Unidade Centro Médico Jardins: Av. Min. Geraldo Barreto Sobral, 2131, Térreo, Bairro Jardins CEP 49026-010 | Aracaju - Sergipe
Unidade Lagarto: Rua Josias Correia Fontes, 22, Bairro Centro (próximo ao Hospital Nossa Senhora da Conceição) CEP: 49.400-000 | Lagarto-Sergipe


Copyright© HOS - Hospital de Olhos de Sergipe - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: WebD2